1º Prêmio João e Maria de Educação

Reconhecer o empenho das escolas públicas municipais de Casimiro de Abreu e de suas equipes pela melhoria do aprendizado foi o objetivo do Prêmio João e Maria de Educação.
Através desta iniciativa, o IJMB concedeu um reconhecimento às escolas da rede municipal e suas equipes que participaram do Projeto TransFormar, pela contribuição na melhoria do aprendizado dos seus alunos.

A primeira edição contou com 15 escolas inscritas da Educação Infantil e do Fundamental 1, que foram avaliadas em quesitos como: o aperfeiçoamento da gestão pedagógica; articulação com os familiares e a realização de atividades estratégicas de leitura, por exemplo.

Foram selecionadas 6 escolas finalistas que receberam a visita de um comitê de jurados, formado por profissionais da área de educacão, que conversou com os representantes das escolas e seus alunos. Ao final da avaliação dos quesitos e da visita do comitê, as escolas Patrick Marchon Portal e o Anexo ao CECA municipalizado se destacaram com os melhores resultados pedagógicos ao incentivar a leitura, a gestão das escolas e a formação de professores, vencendo em suas categorias.

Desde 2015, o Instituto João e a Maria Backheuser, através do Projeto TransFormar, realiza ações formativas que contribuem para um constante desenvolvimento das práticas de gestão escolar e educacional, alfabetização e leitura, melhorando os resultados educacionais do município de Casimiro de Abreu.

O Prêmio João e Maria de Educação, idealizado em 2019, foi uma forma de incentivar o engajamento de professores, coordenadores e diretores nessas formações, com o intuito de transformar, efetivamente, a aprendizagem dos alunos.

PROJETO TRANSFORMAR

Desde 2015, em parceria com a Secretaria de Educação Municipal de Casimiro de Abreu, desenvolvemos o Projeto TransFormar, que conta com uma equipe técnica especializada e promove a formação continuada de educadores.  Visando o aprimoramento da gestão do sistema educacional e a atuação dos professores da Educação Infantil e Ensino Fundamental do município em prol da alfabetização.

Mais de 700 profissionais recebem anualmente  formação pelo projeto, alcançando indiretamente mais de 7.000 crianças e suas famílias a cada ano.

O Projeto TransFormar conta com a parceria técnica da Comunidade Educativa CEDAC, que é responsável pela formação dos gestores escolares e da equipe da Secretaria de Educação Municipal.

Clique aqui para saber mais sobre a Comunidade Educativa CEDAC ou através do facebook.

Conversa com Escritores

O IJMB sabe que a parceria entre escola e família é umas das condições que contribuem positivamente para garantia das aprendizagens dos alunos. Portanto, precisamos cada vez mais pensar em estratégias que proporcionem o fortalecimento desta parceria.

A fim de apoiar esses momentos, tornando-os cada vez mais atrativos o Projeto Conversa com Escritores busca promover momentos de integração com as famílias dos alunos, através de conversa com escritores, leitura, contação de história e apresentação artística com música.

O IJMB com o apoio da comunidade escolar quer incentivar a leitura literária em família e, desde 2019 a escritora e ilustradora, Marília Pirillo, é a convidada do projeto. É uma apaixonada leitora e promotora de leitura que se dedica a contar histórias através de textos e imagens para leitores de todas às idades. .  Conheça um pouco mais o seu trabalho:   http://www.mariliapirillo.com

Conversas
com as famílias

Os ciclos de conversa com as famílias fazem parte das ações desenvolvidas pelo IJMB e têm como propósito contribuir para o resgate das relações mais humanizadas na escola e disseminar para a comunidade de Casimiro de Abreu as reflexões dos familiares sobre a educação dos seus filhos. Durante os encontros buscamos acolher e apoiar as famílias para que possam reconhecer pequenas ações e atitudes que colaboram com o sucesso de seus filhos nas escolas.

Com os diretores, a intenção é ajudá-los a reconhecer a necessidade de apoiar as famílias na relação e colaboração para o desempenho do aluno na escola e a ajustar as expectativas em relação ao apoio que a famílias e outros setores da sociedade podem dar para o sucesso dos alunos.

A partir de 2017  começaram a ser realizados ciclos de conversas em escolas-polos, nas quais foram reunidos representantes de diversas escolas e abordados temas como: “Memórias sobre os diálogos da infância”, “É preciso uma aldeia para educar uma criança” e “Árvore dos sonhos dos filhos e da família conversa”.

 

DOE LIVROS,
FAÇA HISTÓRIAS

Livros usados e novos poderão ser entregues ao IJMB na Rua do Parque, 31 | São Cristóvão | Rio de Janeiro, RJ | CEP 20940-050. Também é possível comprar o livro clicando aqui.

Veja abaixo uma lista preparada com cuidado e carinho com os livros que mais precisamos.

A escolha dos títulos teve a curadoria da Comunidade Educativa CEDAC, já que estes livros serão trabalhados em sala de aula pelos professores. Já as obras adultas servirão para estudo dos educadores e trabalho de conexão entre pais e escola. Mas vale reforçar: toda doação é bem-vinda!

baixe aqui a lista de livros

PROJETOS REALIZADOS COM APOIO DE INCENTIVOS FISCAIS

Ao longo dos anos de atuação em Casimiro de Abreu, o Instituto João e Maria Backheuser promoveu alguns projetos de caráter cultural com o apoio de incentivos fiscais. Tais projetos foram escolhidos por estarem ligados à área de educação na faixa etária trabalhada pelo IJMB e puderam ser realizados em conjunto com as escolas da rede pública da cidade. O objetivo em comum de todos os projetos foi o de direcionar esforços para a melhoria da educação e da cultura focando nas pessoas de baixa renda. Entre alguns projetos estão:

Estante de Histórias
Baú das Artes
Biblioteca Itinerante (Roda de Livros)
Ler para Saber (Prazer em Ler)
Escolas Sustentáveis
Muda Mundo
Piquenique Literário
Orquestra do Amanhã
Sacola Literária

Semeando Educação

Teve início em 2007 com foco no contraturno escolar e atendeu mais de 600 crianças matriculadas na rede pública do município de Casimiro de Abreu ao longo de sete anos. A proposta pedagógica do projeto era de complemento ao aprendizado ministrado na educação infantil e nos primeiros anos do Ensino Fundamental.

Destinado às crianças em idade escolar, o projeto visava semear uma proposta educacional que complementasse a ação educativa da escola por meio de atividades significativas de leitura e escrita de diferentes tipos de texto que circulam na sociedade.

Tinha como objetivo criar núcleos de excelência para a formação de cidadãos, através da melhoria contínua da qualidade de aprendizagem.